Entrevista exclusiva com Global

Ontem foi dia das mulheres e a minha ideia era homenagear alguém. Não alguém cheia de feitos históricos, ou que todo mundo conheça. Alguém que seja gente como a gente… Minha primeira opção foi a minha mãe, mas ela não é famosa hauahauhauhauahauhuhauh (vou deixar essa carta na manga pro dia das mães 😉 ).

Além disso, ontem foi ao ar o programa mais aguardado do ano: o “Que Seja Doce” no canal GNT, com a participação ilustre da minha amiga ❤ irmã Kamila Padoan.

Quando eu soube, semana passada, eu quase desmaiei. É tanto orgulho e tanta emoção que não consigo descrever com palavras. Eu só queria que ela estivesse aqui pertinho pra poder dar um abraço esmagador!

17155612_1588886501126288_1503983905885370334_n

Então, juntei 2+2 e pra comemorar, vamos fingir que somos um blog de celebridades e entrevistar a mais nova famosa da região: Kamila Padoan (KP)

(Global é quem passa na Globo, o GNT faz parte da Rede Globo e essa entrevista é mesmo exclusiva, então eu não menti no título, ok?) 😛

mihcv

(TQP) O que te levou a gostar de cozinhar e fazer doces?

(KP) Eu estava em um ritmo de trabalho muito acelerado e isso me fez ter crises de ansiedade, senti que precisava de um hobby, algo que me tirasse da rotina de trabalho e me fizesse relaxar e ao mesmo tempo ser produtiva, pois me considero uma pessoa de mente inquieta. Fiz alguns cursos de gastronomia e me interessei pela parte dos doces, pois além de ser uma formiga, eu consigo ser criativa, pois os doces permitem exercitar o senso estético. Como sou formada em publicidade e propaganda, já olho pros minhas criações enxergando uma capacidade mercadológica, minhas pesquisas envolvem deste a receita em si, até como eu levo isso às pessoas, é um mix de marketing perfeito: produto, embalagem, canais de venda e promoção.

(TQP) Como você concilia o trabalho, a casa, o marido e as encomendas?

(KP) Sou uma pessoa organizada, se tenho uma encomenda, já sistematizo todo o processo na minha cabeça e monto um cronograma.Como tudo é feito de forma bem artesanal, preciso ter tempo de execução e também pra fazer as compras dos ingredientes. Geralmente os recheios e a massa são feitos um dia antes para chegarem à textura ideal, no dia da entrega fica apenas a montagem. Na semana que tem encomendas, a casa fica um pouco de lado, confesso. A cozinha vira um lugar meio caótico e a faxina fica pro final de semana. O marido é super compreensivo e sempre coopera.

(TQP) Vamos falar do programa! Como foi o processo seletivo? Como você reagiu quando disseram que você tinha sido escolhida?

17237021_1593183947363210_136994671_o(KP) Me inscrevi no final da primeira temporada sem saber que os programas da segunda já tinham sido gravados, então quando começou a exibição eu fiquei um pouco desapontada. Mas alguns meses depois me chamaram para as seletivas da terceira temporada, e foi uma surpresa! A inscrição é feita no site do GNT, você preenche um formulário e eles fazem o próximo contato, por e-mail, onde você precisa enviar outro formulário mais completo, documentos, fotos de alguns doces e, nesta edição em específico, um vídeo da pessoa que vai com você, que no caso, foi minha irmã. Algumas semanas depois eles me disseram que eu tinha sido selecionada, marcaram a data da gravação em SP e lá fomos nós, sem ter muita ideia do que nos esperava, com aquele frio na barriga e muita ansiedade!

(TQP) Foi difícil escolher as receitas? Você já levou algo pré-definido ou tem que decidir tudo na hora da prova?

(KP) Eu já sabia o meu tema: doces mineiros. Eles orientam com relação ao tema e aos ingredientes, mas avisam que muita coisa pode mudar com as dinâmicas e provas da competição. Estudei algumas receitas, pensei no que poderia ser substituído caso fosse necessário, fui com duas ideias e deu tudo certo, não tive imprevistos consideráveis na execução.

(TQP) Teve algum contratempo? Alguma receita não saiu exatamente como você esperava?

(KP) A segunda receita, que era algo que eu já tinha um domínio maior, foi a que mais deu trabalho. A massa ficou quebradiça e eu tive que refazer, isso tomou um tempo que foi sentido no final, no acabamento do doce. Eu tive que terminar rápido e ele não ficou tão bonito quanto eu gostaria.

(TQP) E o apresentador e os jurados? Como são?

(KP) São uns queridos! O apresentador Felipe Bronze é muito gente como a gente, conversa numa boa durante as provas e entre elas, dá toques pra ajudar, é super camarada. Falamos das olimpíada (que tinha recém acontecido) e do filhinho dele. 17198861_1593193047362300_629538002_nQuem acompanha o programa se sente íntimo, a produção é muito competente. Os jurados também são fofos, dá pra ver que existe uma amizade legal entre eles, cada um tem seu estilo, todos profissionais exemplares e com muito carisma para estarem onde estão.

(TQP) O que você achou disso tudo? O que essa experiência trouxe de bom pra sua vida?

(KP) Eu nunca imaginei estar lá, eu pensei que fosse possível, mas não pensei que tudo aconteceria desta forma. Tão rápido, tão intenso. Foram dois dias sentindo coisas extremas: felicidade, empolgação, ansiedade, medo, timidez, coragem. Agradeço minha irmã por ter embarcado nessa comigo, foi a cerejinha do bolo!

Isso tudo só me fez amar ainda mais a confeitaria e ver o quanto de experiências maravilhosas ela pode me proporcionar.

É algo pra levar pra vida toda, posso dizer que participei de um programa de TV em rede nacional, isso não é muito doido?

(TQP) E quais são os próximos planos?

(KP) Quero me especializar ainda mais. Fazer novos cursos e quem sabe até vivenciar algo no exterior. A internet ajuda muito a ter contato com o mundo da confeitaria, são inúmeros canais de vídeos e blogs que ensinam técnicas, receitas e deixam você sempre atualizada do que está acontecendo. Uma maneira de conseguir acompanhar e registrar em alguma plataforma o que eu encontro foi criando o meu blog, nele eu escrevo conteúdo baseado nos meus estudos e pesquisas e em projetos autorais. O Gourmonamour é um blog que virou minha marca e eu pretendo fortalecer ela ainda mais nos próximos anos, seja na internet com o blog e com os doces que produzo.

E aí, gostaram? Mandem suas perguntas sobre os bastidores que a Kamila responde tudinho 🙂

Beijos

Suellen

PS.: Feliz Aniversário Joinville!

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s